Em documento, Madonna diz que Sean Penn não a agrediu

0
204

Madonna saiu em defesa do ex-marido, Sean Penn, que entrou com um processo de difamação contra o cocriador da série Empire, Lee Daniels, por causa de uma declaração deste em que ele supostamente dava a entender que Penn bate em mulheres. De acordo com o site da revista The Hollywood Reporter, Penn alterou a ação inicial na última quinta, 17, para incluir a declaração de Madonna dizendo que Penn nunca bateu nela.

Michael Jackson e Madonna dominam lista de clipes mais caros da história; assista aos cinco primeiros.

“Estou ciente das alegações que apareceram ao longo dos anos acusando Sean de incidentes de agressão física contra mim”, diz Madonna no documento, que nega, especificamente, que Penn tenha atacado a cantora com um bastão de beisebol em 1987 e declara que é falso um incidente de dezembro de 1989 “que teria resultado na prisão de Sean por violência doméstica contra mim”.

Madonna revela história por trás do lançamento antecipado do novo disco

A popstar, que foi casada com Penn de 1985 a 1989, explica que embora o casal tenha tido “mais de uma discussão feia” enquanto casado, “Sean nunca me bateu, ‘me amarrou’ ou me agrediu fisicamente e qualquer notícia contrária é um absurdo completo, malicioso irresponsável e falso”.

Artistas prestam homenagens as famílias e as vítimas dos ataques terroristas em Paris .

O processo de Penn veio de uma entrevista do The Hollywood Reporter de setembro, em que Daniels “defendeu” o protagonista de Empire Terrence Howard, que estava sendo acusado de violência doméstica na mídia. “[Terrence] não fez nada diferente de Marlon Brando ou Sean Penn, e de repente está sendo tratado como um demônio”, disse Daniels. A ação de US$ 10 milhões diz que Penn foi injustamente acusado de bater em uma mulher nessa declaração em que ele é colocado em pé de igualdade com Howard.

Madonna acusa BBC Radio de discriminação etária depois que a música dela foi banida.

Em setembro, Howard disse à Rolling Stone EUA que ele deu um tapa na primeira esposa, Lori McCommas, e que “o advogado dela disse que foi um soco, mas mesmo ter dado um tapa foi errado”. Ele também comentou um incidente na Costa Rica que aconteceu em 2013, com a segunda esposa dele, Michelle Ghent. “Ela estava tentando jogar spray de pimenta em mim e eu não conseguia enxergar nada, então tudo que pude fazer foi tentar empurrá-la e acho que acabei a atingindo. Mas não estava tentando bater nela.”

De 1990 a 2012: dez polêmicas de Madonna.
Source: ROLLINGS STONE