Atriz Laia Costa revela detalhes do alucinante Victoria

0
281

Chega aos cinemas brasileiros em 24 de dezembro o singular longa alemão de ação Victoria. O diretor Sebastian Schipper extrai elementos do conterrâneo Corra, Lola, Corra, no qual trabalhou como ator, para produzir uma obra ainda mais alucinante. Filmado em um grande plano sequência de mais de duas horas de duração, Victoria é a história de uma estudante espanhola que conhece um grupo de jovens em Berlim e que vê um encontro despretensioso se transformar em uma absurda encruzilhada, fazendo-a flertar com a morte. Em entrevista à Rolling Stone Brasil, a protagonista Laia Costa (de Tengo Ganas de Ti) ajuda a entender o que constroi a atmosfera que acaba por mergulhar o telespectador na mesma caldeirada de angústias dos personagens do filme. “Toda a ação é improvisada. Recebemos duas regras de Schipper: nunca diga a mesma coisa, nunca faça a mesma coisa. É como uma jam session de jazz”, diz a atriz sobre a dinâmica das filmagens, realizadas em três longas tomadas, durante três noites. “Depois de cada take, os atores ganhavam uma energia incrível, era impossível ir dormir mesmo se tivéssemos passado a noite inteira acordados, trabalhando. Tínhamos que ir para algum lugar, tomar uma cerveja e tentar limpar a cabeça e as emoções.” Laia jura que, para ela, a missão não foi tão desgastante. “Eu sou uma atriz e minha experiência nesse projeto – fazer um plano sequência de mais de duas horas – foi um presente extremamente lindo e incrível. Curti cada dia. Mas, claro, não tive que lidar com o filme todo. Só com meu trabalho. E meu trabalho foi muito fácil porque trabalhei com atores muito talentosos e com grande diretores.” Victoria saiu do festival de cinema de Berlim com três prêmios, além de ter ganhado troféus no German Film Awards, no Norwegian International Film Festival e no San Diego Film Festival. Assista ao trailer do filme abaixo:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=eUmrewmeOCQ&w=560&h=315]
Source: ROLLINGS STONE