Banda Monterrey – Aberta a temporada de caça! Novo Álbum!

0
1430

A banda paulistana Monterrey é da safra de 2012, ano em que Alex Rodrigues (guitarra e vocal), Rafael Japonêis (bateria), Rafa Pertile (guitarra) e Silas Pieper (baixo) se junturam para montar o grupo. No ano seguinte já lançaram o seu primeiro EP, que leva o nome da própria banda. O single Hank figurou na programação da rádio 89 FM, dando as primeiras mostras da força da banda no cenário de rock local.

Logo no próximo ano engatilharam também o EP “Personalidade Autodestrutiva“, gravado no estúdio Costella (SP) e com produção de Chuck Hipólitho (MTV, Forgotten Boys, Vespas Mandarinas). Segundo relato da própria banda, “Personalidade Autodestrutiva capta a sonoridade cheia de energia apresentada pela Monterrey em suas apresentações ao vivo”. Outra passagem pelas rádios foi com a faixa “Caso perdido”, executada na Kiss FM no mesmo ano.

O clipe “Certas coisas nunca mudam”, dirigido por Gil Gonçalves foi lançado em 2015 (pode ser visto aqui) e marcou um passo importante para a banda.

Em março de 2016 um passo decisivo foi dado com o lançamento do primeiro álbum – “Temporada de Caça”. Com 11 faixas, e gravado novamente no estúdio Costella, o novo trabalho conta com as participações de diferentes músicos convidados, como Noel Rouco (Rock Rocket), Luca Bori (Vivendo do Ócio) e Pedro Pelotas (Cachorro Grande). Em agosto do mesmo ano se apresentaram ao vivo no Estúdio Showlivre, com apresentação de Clemente Nascimento, em um ótimo show em que pode ser conferido as músicas do “Temperada de caça”. (Veja o show completo aqui).

Temporada de caça

Fazendo um rock and roll sem frescura e com bons arranjos, em geral mais bem elaborados do que nos Eps anteriores e com uma boa pegada de animação e firmeza, o álbum conta também com solos de guitarra incisivos e sem firulas. O baixo e bateria cumprem bem o papel e mantém o bom padrão durante todo o disco.

As letras abordam desde questões comportamentais e de relacionamentos, como nas “Com um Pé Atrás”, “Incorreto e Imperfeito” e “Efeito Colateral”. Destaca-se um curto mas muito bem postado dueto de guitarras nessa última. “Ancorado” e “Sonhador” tratam de questões como expectativas com o futuro, sonhos e os perigos das zonas de conforto sempre à espreita. As músicas possuem boas passagens, como dito em “ancorado” : Já posso imaginar a sua cara de Deus nos acuda, quando se tocar que seu livro de autoajuda não vai te ajudar”.

Temporada de caça é um ótimo álbum para quem gosta de rock and roll bem arranjado e inteligente, e ao mesmo tempo direto e com boa pegada. Se soma à boa safra de bandas e lançamentos do rock paulistano dos últimos anos.

Fonte(s): Facebook